3.1.06

Eu... e a Bahia!!


Meu primeiro “post” de 2006... e eu escrevo da Bahia!!
Ééééééééé!!!
Babem, meus “não-leitores”... mas estou sob um sol forte... protegido sob as sombras de uma frondosa mangueira e estendido numa rede (é, tem um “redódromo” sob a mangueira!!).

A minha visão daqui é privilegiada: Árvores balançando com o vento... canto de aves (tantas que nem dá para distinguir quantas)... várias redes estendidas... água de coco.. parentes e amigos conversando... céu azul limpíssimo.. som das águas do rio... e filhas e sobrinhas se bronzeando e tomando banho no rio.

Desde 1993 que fazemos essa viagem... de carro... muitas vezes rodando 20 horas seguidas, só parando para abastecer e para usar o sanitário.
São 1.870 Km de estrada sob sol e chuva... enfrentando buracos... motoristas de caminhões “ensandecidos” (acreditem: Em quase todos os acidentes que vimos e quase todos os problemas que tivemos, tinha – pelo menos – um caminhão envolvido).

Bom... chegamos.
Estamos aqui... e, ontem, fomos passear em Canavieiras e amanhã vamos para Ilhéus.
Hoje é dia 2 de janeiro de 2006!!!!
O ano começou... e já está correndo.
Ainda não fiz planos... nem promessas...
Nem vou fazer.

Tenho algumas situações “definitivas” para resolver nos próximos 3 meses... e a principal delas refere-se a minha nova luta por uma recolocação profissional.
Enviei dezenas de “curricula” e, por enquanto, estou aguardando oportunidades.

Essa é a minha principal meta para esse primeiro trimestre. Quero trabalhar!!
Huahuahuahua...
É estranho... mas depois de 15 anos trabalhando numa empresa de grande porte... num cargo importante... mas numa função desgastante pela indecisão política e falta de rumos estratégicos da “alta” administração... os meus primeiros meses como “desempregado” foram reconfortantes.

Pude descansar a cabeça... parei de sentir o “aperto no peito”... as dores de cabeça sumiram (e sem “Doril”)... assim como a ansiedade e o “stress” não deram mais notícias. Melhorei fisicamente... e parei de me ver “morto” pelo desgaste, coisa que infelizmente aconteceu com um grande amigo e colega de trabalho, que também estava vivendo sob intensa pressão.

Futuramente quero escrever sobre o meu trabalho, o que eu fazia, o que testemunhei acontecer, as pressões, invejas, disputas, desconsiderações, falta de ética, mentes fracas não acostumadas com o poder, intrigas, corrupção... tudo isso mesclado com amizades, companheirismo, dedicação, profissionalismo, realizações, etc. O mundo corporativo, mesmo numa empresa que tem o nome de uma denominação religiosa, é cheio de surpresas!!

É isso:
Estava cansado, mas já descansei.
Estou desempregado, mas estou em férias.
Estou folgando, mas quero trabalhar!!

Bom e próspero 2006 para todos nós!!!

(Ouvindo: "Canto das aves"... de várias aves!!)

4 comentários:

J Lívio disse...

Vixe...vi que temos muitas coisas em comum em relação ao trabalho. As vezes temos que abrir mão da comodidade para termo qualidade de vida, némesmo? Mas vai em frente e procura...tem muita coisa boa por ai para gente boa. Eu não me cansei de procurar ainda!! hehehe Abraço!

Bel disse...

Adorei sua vinda a Ilhéus hoje... Nem imaginava como seria esse reencontro depois de 20 e tantos anos! E foi maravilhoso!!!
Que bom que vc pode estar por aqui descansando, de férias e programando seu futuro.
Ah, a Kézia é uma simpatia, até parece que a gente já se conhecia há tempos... foi muuuuito bom, mesmo!

Bel disse...

Só depois foi que reparei no "redódromo" da foto! Pensei que era força de expressão, ou mais uma das suas brincadeiras!! Fiquei com vontade de conhecer de perto mesmo...

Ceminha disse...

Bahia...terra da felicidade...mto bom saber que vc está por perto...aproveita pra curtir todas essas praias maravilhosas e curtir aqueles momentos de silêncio...na beira do mar é ótimo...bjux.