8.3.06

Eu... e o tempo!!









:Diário de bordo...
:Data Estelar:
15h30 - 08 de março de 2006.
:Registro complementar:
DIA INTERNACIONAL DA MULHER
:Observação importante:
Parabéns... pois é uma das datas mais merecidas que conheço. Pena que não posso dar nenhum presente... pois o mundo já é de vocês!!!!

Na segunda... dia 6... começou prá valer!!!
O carnaval passou... e a normalidade voltou.
O Brasil está de "volta ao mundo"... e ainda bem que só depois de 64 dias... e não de "80 dias".
Minhas aulas começaram... e, agora, correndo alucinadamente.

Segunda tive "História do Direito"... e, no fim da aula, o professor passou uma tarefa:
A partir de frases de quatro filósofos e dois cientistas, fomos "escrever - mínimo de 20 linhas - abordando o diferente entendimento do TEMPO entre entre filósofos e físicos"
Embora tenha sido trabalhoso foi deveras interessante voltar a pensar sobre o "tempo".

Como passou muito tempo desde o meu último "post", achei interessante abordar o tema.
O tempo é interessante... e as nossa diferentes percepções, sobre o mesmo (*), são surpreendentes.
Creio ter lido um "post"... num "blog irmão" com algumas opiniões... e usarei algumas situações semelhantes.

"O tempo é uma ilusão. A distinção entre presente, passado e futuro, não passa de uma persistente e firme ilusão"
(A. Einstein)

Evitando a "filosofia" da ciência, no pensamento de Einstein, penso na ilusão do tempo na nossa vida prática (No caso concreto, diriam os advogados!):

- Quando estamos num parque de diversões... numa festa ou algo parecido... o tempo voa!!
- Quando estamos numa aula chata... num período de tempo menor do que aquele que passamos no parque... o tempo se arrasta e demora para passar!!
- Quando estamos com quem gostamos... as horas passam como minutos;
- Quando ouvimos/estamos com alguém "chato"... os minutos se tornam horas;
- Minhas filhas (15 e 17 anos) estão no começo da vida...
- Nosso (era meu!!) gato siamês (12 anos) foi chamado de "vovô" pelo veterinário... e está no último período da vida;
- Vivemos 40... 50... 60... 70 anos... e, na hora da morte, ainda achamos que vivemos pouco;
- Uma mosca, efêmera, nasce... cresce... reproduz e morre em menos de um dia... e viveu uma vida plena;
- Uma semana é uma eternidade para a namorada que espera encontrar o namorado (e v.v);
- Cinco anos é pouco para quem recebe, do médico, a estimativa do tempo de vida que lhe resta.

Lembro que amava assistir "O túnel do tempo"... seriado (antigo) que experimentava a possibilidade de viagens no tempo e, até, a possibilidade de sua manipulação... alterando os eventos de um presente mais próximo ou futuro indesejado.
O tempo é uma incógnita... e assim continuará a ser (eu espero).
Tal concepção foi e é perfeita... no "fiat" do Criador.
Ainda assim... sinto falta dos meus cabelos que "se foram"... pela ação do passar do tempo!
Huahuahuahuahua...

"O tempo é o jeito que a natureza deu para não deixar que tudo acontecesse de uma só vez" (John Weeler)

"Se me perguntarem, eu sei o que é. Se tiver que explicar para alguém, não sei. O problema é que o passado não está mais aqui, o futuro ainda não chegou e o presente voa tão rápido que parece não ter extensão nenhuma. Aliás, se o presente só surge para virar passado, não daria para dizer que o tempo é uma caminhada rumo a não existência?" (Santo Agostinho)

(Ouvindo: "You got no right" com VELVET REVOLVER)
  • 15h46... estou 16 minutos mais perto do "Fim dos tempos"!!!
(*) Eu tenho medo do MESMO
("Antes de entrar no elevador, verifique se O MESMO está nesse andar")!!!
<( ;-)

7 comentários:

Bel disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Bel disse...

Uhúúúú!!!
De volta (para o futuro?)!!
É bom "não ler" de novo...

A parte que gostei mais foi a citação de Santo Agostinho. Mas e aí???

(Mentira, adorei a referência ao "mesmo".)

Agora deixa eu correr que minha história da Rádio Bahiana está ainda entre 1994 e 2000, e eu só tenho algumas horas pra viver mais de 10 anos... ou pirar de vez!

helinho disse...

eh mesmo assim
tambem axo engraçado como eh a rapidez pra bagunçar meu quarto e demora tanto pra arrumar
minha mae me mata... se tiver tempo
XD

Ceminha... disse...

Existem coisas que nem o TEMPO nem a distância conseguem apagar...e outras que só o TEMPO e a distância conseguem consertar...
Lembra disso???!!!...pois é...coisas do TEMPO...saudades...bjo gde.

line gilmore disse...

hello Batman!!!

adorei o post sobre o tempo...
pra mim tá demorando tanto a passar! quando vc tá só esperando ir embora pra começar uma vida nova, cada segundo é pingado no conta-gotas...

e daqui uns dias esse blog tá de cara nova né?
êeeeee!

beeeeijo
(ah! lembra do baile dos aposentados?kkkkk não fuiiiii :P)

Marci disse...

Não tem aqueles dias que "parece que foi ontem"?
E os que parece que faz tempo demais...?
Ou, ainda, que só começou... e ainda teremos todo o tempo do mundo!?
Só o tempo mesmo pra dizer quando será o tempo certo.
Esse tempo, um exercício de paciência e tanto, não?
Beijo.

J Lívio disse...

Texto acima de tudo desafiador!! Acho que so o Batman mesmo poderia ter escrito ele!! :)

By the way, como ta o Robin?!